terça-feira, 26 de outubro de 2010

BIBI FERREIRA - Por Ana Maria Mineira

Texto publicado originalmente no Jornal NB.

Nos dias 5 e 6 de junho deste ano, em Porto Alegre – RS, Bibi Ferreira apresentou o musical “Bibi in Concert IV”, numa pré-estreia, que também foi apresentado em Manaus e Buenos Aires, na Argentina. O show tem a direção da própria atriz e faz um passeio por vários momentos de sua carreira. No musical, reproduzidas músicas de Pixinguinha, Noel Rosa, Silvio Caldas, Orestes Barbosa, Tom Jobim, Dolores Duran, Francisco Alves, Chico Buarque, Vinícius de Moraes e Maysa. No espetáculo apresenta, também, canções de Edith Piaf, personagem que marca a sua carreira pelos últimos 30 anos.

Depois de 43 anos de carreira – nacional e internacional – na década de 1970, dirige o musical Brasileiro, Profissão: Esperança, de Paulo Pontes. Em 1972, atua em O Homem de La Mancha, traduzido por Paulo Pontes e Flávio Rangel para, em 1975 – outro encontro de Paulo Pontes e Chico Buarque – estrear em Gota D’Agua, sob a direção de Gianni Ratto, permanecendo em cartaz até 1977, onde ela recebe os prêmios Molière e Associação dos Críticos de Artes – APCA, por sua interpretação de Joana.
Participou, por muito tempo, do Corpo de Baile do Teatro Municipal do Rio de Janeiro e, depois, estreou na companhia de teatro de seu pai, o ator, escritor e dramaturgo Procópio Ferreira.
Cito, aqui, apenas algumas realizações dessa grande atriz, compositora, diretora e cantora, ocorridas durante os seus 88 anos de carreira. Bibi Ferreira estreou no teatro, aos 24 dias de existência, onde “interpretou” uma boneca, na peça “Manhãs de Sol”. BIBI FERREIRA É UMA BRASILEIRA IMORTAL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS POPULARES(ÚLTIMO MÊS)

POSTAGENS POPULARES (TUDO)